sábado, 18 de outubro de 2008

Cabisbaixo

Porque ando tão cabisbaixo
Olhando as imperfeições do chão
Contando passos
Pergunto-me coisas que não sou capaz de responder agora
Estou dormindo, caminhando pelas avenidas comerciais.
Estou acordado, correndo livre em alguma praia deserta
Filosofia de vida
Apatia do dia
Ando tão cabisbaixo, e sem perguntas para as minhas respostas.
Vou envelhecer, e morrer antes do fim da ida?
Não tem volta neste caminho
Destruímos tudo e todos
Estou morrendo na beira deste abismo,
Por favor venha me ver antes do Fim do dia.

2 comentários:

Ciaberta disse...

As vezes é normal ficar assim ~~;
Mesmo que seja ruim >.<'

Dayane disse...

eu nao sei qual é melhor.
to amando.