segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Folha de papel

Quando duas pessoas que amam
Agem como crianças
Rasgam os papeis
Em pequenos pedacinhos.
Pedaços tão pequenos que geralmente
Eles se perdem na hora de juntar
Cabe aos apaixonados procurar
Cuidadosamente pelos mais ínfimos pedaços
E coloca-los em ordem
Sabendo que a relação
Nunca vai ser da mesma forma lisa e charmosa
Algo parecido com rugas e arranhões
Vão perdurar os dias até o momento
Em que os pedaços de papel forem reciclados
E voltarem a ser um único e branco
Pedaço de papel

2 comentários:

Ciaberta disse...

você me falou isso hoje, e eu concordo.

Dayane disse...

ouuuuun
volta ser um unico branco :T