domingo, 24 de janeiro de 2010

Espelho quebrado ou O mentiroso

Sou o pior dos males
Que poderia ter acontecido
Para a menina que tinha medo de se apaixonar,
E quando se apaixona
Descobre que o anjo era um caído,
Descobre que ele é um salafrario,
Enche de lágrimas os olhos
Por não acreditar que aquela tal beleza,
Não passava de um vil espelho
Quebrando-se pouco a pouco,
Mentiroso e vagabundo,
Que usa as palavras para enganar e afundar o coração dela no mais
Fundo dos abismos colossais,
Aquele ser grotesco,
Que apareceu para ela agora,
Não é digno de nada, nem de pena, e ela agora foge!

Um comentário:

Lais disse...

Ainda bem que ela fugiu a tempo, ou não? =/