sábado, 10 de outubro de 2009

Sem saber

Eu queria saber, como te assustar menos
Como te abraçar mais forte
Queria saber controlar os meus venenos
Não temer a morte
Eu queria saber, como me aproximar
Sem exagerar, sem te machucar
Queria poder olhar nos olhos
Sem medo de perder a sorte

2 comentários:

Thállyda disse...

fofo ^^
Esse eu entendi =D

Pati disse...

tudo questão de dominio próprio.